Leitura Estratégica

Evento apresentará destaques da Gastronomia Brasiliense

Workshops, palestras e oficinas gratuitas serão ofertadas no Campus Sul do Centro Universitário IESB


Personalidades renomadas da Gastronomia de Brasília irão se reunir a partir do próximo dia 2 de março, durante o Festival Destaques da Gastronomia IESB. O objetivo do evento é oferecer palestras, oficinas e workshops com profissionais já consolidados no mercado brasiliense e alunos do curso de Gastronomia do Centro Universitário IESB. As atividades ocorrerão no IESB da Asa Sul (quadra 614), a partir das 9h. O evento é aberto ao público e com entrada gratuita. Não é necessário inscrição para participar, basta comparecer a programação desejada.

Uma das egressas que irá falar ao público será a Chef Julia Murça. “Há 10 anos dei uma grande virada na minha vida. Troquei advocacia pela gastronomia e me tornei Chef de cozinha especializada em alimentação natural sem glúten, sem lácteos e sem açúcar, pesquisadora em saúde, nutrição e longevidade”, conta. Ela conta com extensa experiência na carreira, inclusive, no exterior – passou temporada na austrália para estudar Gastronomia Saudável.

Em Brasília, Julia já deixou sua marca. Ela já teve dois restaurantes de alimentação saudável. Um desses empreendimentos foi responsável por criar o primeiro serviço delivery de suco verde em Brasília. Além disso, ela também foi a consultora responsável por abrir a Bioon – primeira padaria e confeitaria sem glúten da capital. Atualmente, ela vende cursos de Gastronomia online, além de ministrar palestras e fazer consultorias para empreededores do ramo. “Minha missão: mostrar para o mundo que é possível unir sabor e saúde na mesma garfada!”.

Julia será responsável pelas palestras “Como empreender com info-produtos de gastronomia – Nadando no mar vermelho!” e “Pães sem glúten de fermentação selvagem – Sabor, textura e digestibilidade!”.

Outro palestrante de peso é o Chef André Rochadel, que participou da edição do Master Chef de 2018. Hoje, com 34 anos, ele conta com currículo extenso. Logo após largar a carreira na Engenharia Elétrica, ele ingressou no curso de Gastronomia do IESB e começou a trabalhar no restaurante Gero como auxiliar. Posteriormente, se tornou Chef do café na La Boulangerie. Em seguida, foi Souschef e depois chef no Bottarga Ristorante. “Depois disso, fui para o Rio de Janeiro, onde atuei por três anos como Chef do Alloro Ristorante e Souschef executivo do Windsor Atlântica”, conta Rochadel, que hoje é colunista de Gastronomia no portal Metrópoles.

Para ele, a carreira deslanchou após a grande visibilidade que teve durante sua atuação no programa Master Chef. “É bem tenso. Muita pressão, com tempo curto para fazer os pratos. Mas foi bem legal. Todos os cozinheiros que entram lá deixam de ser uma pessoa escondida dentro da cozinha e se torna um rosto para ser visto. Foi o que aconteceu. Hoje em dia tenho um nome, um rosto conhecido”, explica.

Rochadel irá falar ao público no Festival Destaques da Gastronomia IESB na terça-feira (3/3), de 15h às 16h, na sala D2. Acompanharão o debate os Chefs Bruna Prieto e Ana Vitória Nedermeyyer. De acordo com Rochadel, o foco da fala será a respeito da importância da comunicação e das redes sociais para a Gastronomia.

Mistura e inovação

O espaço também será destinado para discussões sobre novidades na Gastronomia. O professor do curso de Gastronomia do IESB Lucas Heitor é Chef Confeiteiro e respeitado chocolatier de Brasília. Enquanto professor universitário, ele dedica boa parte do seu tempo na busca por modernidade e inovação. A ideia é ressignificar receitas clássicas da confeitaria com experimentos e união de ingredientes considerados por alguns como “improváveis”.

Na mesma linha atua o Atelier Douglas Marchione. Em 2011, ele decidiu largar o Desenho Industrial (antiga profissão do Chef) e seguir para a capital, onde estudou Gastronomia também no IESB. “Um sonho que sempre tive, mas havia deixado para trás. Fui para Brasília, capital do país”, compartilha.

Depois de se formar, ele fez um curso no exterior e confirmou a paixão pela Confeitaria Artística. Em 2015, o Ateliê DMachione foi criado em Brasília. Com rápido reconhecimento, a procura por aulas de cake designer e dos bolos artísticos produzidos artesanalmente aumentou. “Comecei a enxergar Brasília como um lugar onde seria possível alcançar meus objetivos”, afirma.

A programação ocorrerá ao longo da primeira semana de março, com atividades todos os dias. Para acessar o conteúdo completo, clique aqui.

Evento apresentará destaques da Gastronomia Brasiliense

Workshops, palestras e oficinas gratuitas serão ofertadas no Campus Sul do Centro Universitário IESB


Personalidades renomadas da Gastronomia de Brasília irão se reunir a partir do próximo dia 2 de março, durante o Festival Destaques da Gastronomia IESB. O objetivo do evento é oferecer palestras, oficinas e workshops com profissionais já consolidados no mercado brasiliense e alunos do curso de Gastronomia do Centro Universitário IESB. As atividades ocorrerão no IESB da Asa Sul (quadra 614), a partir das 9h. O evento é aberto ao público e com entrada gratuita. Não é necessário inscrição para participar, basta comparecer a programação desejada.

Uma das egressas que irá falar ao público será a Chef Julia Murça. “Há 10 anos dei uma grande virada na minha vida. Troquei advocacia pela gastronomia e me tornei Chef de cozinha especializada em alimentação natural sem glúten, sem lácteos e sem açúcar, pesquisadora em saúde, nutrição e longevidade”, conta. Ela conta com extensa experiência na carreira, inclusive, no exterior – passou temporada na austrália para estudar Gastronomia Saudável.

Em Brasília, Julia já deixou sua marca. Ela já teve dois restaurantes de alimentação saudável. Um desses empreendimentos foi responsável por criar o primeiro serviço delivery de suco verde em Brasília. Além disso, ela também foi a consultora responsável por abrir a Bioon – primeira padaria e confeitaria sem glúten da capital. Atualmente, ela vende cursos de Gastronomia online, além de ministrar palestras e fazer consultorias para empreededores do ramo. “Minha missão: mostrar para o mundo que é possível unir sabor e saúde na mesma garfada!”.

Julia será responsável pelas palestras “Como empreender com info-produtos de gastronomia – Nadando no mar vermelho!” e “Pães sem glúten de fermentação selvagem – Sabor, textura e digestibilidade!”.

Outro palestrante de peso é o Chef André Rochadel, que participou da edição do Master Chef de 2018. Hoje, com 34 anos, ele conta com currículo extenso. Logo após largar a carreira na Engenharia Elétrica, ele ingressou no curso de Gastronomia do IESB e começou a trabalhar no restaurante Gero como auxiliar. Posteriormente, se tornou Chef do café na La Boulangerie. Em seguida, foi Souschef e depois chef no Bottarga Ristorante. “Depois disso, fui para o Rio de Janeiro, onde atuei por três anos como Chef do Alloro Ristorante e Souschef executivo do Windsor Atlântica”, conta Rochadel, que hoje é colunista de Gastronomia no portal Metrópoles.

Para ele, a carreira deslanchou após a grande visibilidade que teve durante sua atuação no programa Master Chef. “É bem tenso. Muita pressão, com tempo curto para fazer os pratos. Mas foi bem legal. Todos os cozinheiros que entram lá deixam de ser uma pessoa escondida dentro da cozinha e se torna um rosto para ser visto. Foi o que aconteceu. Hoje em dia tenho um nome, um rosto conhecido”, explica.

Rochadel irá falar ao público no Festival Destaques da Gastronomia IESB na terça-feira (3/3), de 15h às 16h, na sala D2. Acompanharão o debate os Chefs Bruna Prieto e Ana Vitória Nedermeyyer. De acordo com Rochadel, o foco da fala será a respeito da importância da comunicação e das redes sociais para a Gastronomia.

Mistura e inovação

O espaço também será destinado para discussões sobre novidades na Gastronomia. O professor do curso de Gastronomia do IESB Lucas Heitor é Chef Confeiteiro e respeitado chocolatier de Brasília. Enquanto professor universitário, ele dedica boa parte do seu tempo na busca por modernidade e inovação. A ideia é ressignificar receitas clássicas da confeitaria com experimentos e união de ingredientes considerados por alguns como “improváveis”.

Na mesma linha atua o Atelier Douglas Marchione. Em 2011, ele decidiu largar o Desenho Industrial (antiga profissão do Chef) e seguir para a capital, onde estudou Gastronomia também no IESB. “Um sonho que sempre tive, mas havia deixado para trás. Fui para Brasília, capital do país”, compartilha.

Depois de se formar, ele fez um curso no exterior e confirmou a paixão pela Confeitaria Artística. Em 2015, o Ateliê DMachione foi criado em Brasília. Com rápido reconhecimento, a procura por aulas de cake designer e dos bolos artísticos produzidos artesanalmente aumentou. “Comecei a enxergar Brasília como um lugar onde seria possível alcançar meus objetivos”, afirma.

A programação ocorrerá ao longo da primeira semana de março, com atividades todos os dias. Para acessar o conteúdo completo, clique aqui.